pt | en |  
pt | en |  
Inbound Marketing - o que é?
2013-07-14

Porque citamos bastantes vezes este termo muitos nos perguntam o que queremos nós dizer com isto. Não é tudo marketing?

Nascemos e crescemos num ambiente em que o marketing tem para nós como exemplo de instrumentos anúncios em televisão ou na rádio, anúncios  de página inteira no Expresso ou e no caso das viagens até catálogos de operadores inseridos como suplementos nos principais jornais e revistas. Ou então em formas, um pouco mais recentes, anúncios nos ecrãs de multibanco ou ações de “drop mail” nas caixas de correio. Ou ainda milhares de emails enviados para caixas de correio que foram recolhidas em outras ações anteriores.

A verdade é que estes instrumentos são cada vez menos eficazes. Evito um anuncio de televisão porque gravo os programas que quero ver e oiço cada vez menos rádio desde que tenho o meu MP3. Os anúncios em revistas são interessantes mas cada vez se compram menos revistas. Os emails que se enviam têm taxas de abertura de 20%... Ou seja estes meios são cada vez menos eficazes porque o nosso potencial cliente tem cada vez menos paciência de ser interrompido e não está para aturar “publicidade”.

E nós (marketers)  ao invés de procurarmos “gritar” as nossas ofertas num estilo de megafone ou de feirante temos que mudar o nosso comportamento .

O consumidor de hoje ao pretender comprar um produto ou serviço efetua pesquisas na Internet sobre esse produto. Utiliza o Google ou outro motor de pesquisa para procurar essas ofertas. Encontra muitas e diferentes e analisa-as, comparando-as.

Para as comparar  e num modelo antigo procura revistas ou sites da especialidade. Afinal de contas estes são os especialistas. Mas a verdade é que os sites ou jornais da especialidade podem ser muitas vezes “comprados” pela pressão da publicidade dos seus anunciantes.* Ou a verdade é que mercê das fracas vendas destes meios alguns dos seus bons jornalistas passaram-se para blogs. Assim o cliente acaba por consultar blogs da especialidade, sentindo uma informação mais independente.

Ou então para as comparar acaba por questionar os seus amigos e conhecidos na rede social que usa. Ou seja acaba por criar comentários por exemplo no Facebook fazendo desta rede um depósito de opiniões para um consumidor que procura esclarecimentos.

Notaram o padrão? Google, blogs, redes sociais?

Analisaram a mudança? Um consumidor com mais poder que procura a informação ao invés de ligar à publicidade que o interrompe?

É deste ponto que nasce o termo “inbound marketing”. Ao invés do “outbound marketing” que interrompe o consumidor, gritando e procurando chamar a sua atenção, o inbound marketing preocupa-se com a produção de conteúdo relevante que possa ser indexado e encontrado no Google, que possa ser citado e reproduzido em blogs, que possa ser comentado e dessa forma aproveitar o efeito viral das redes sociais.

Ou seja o inbound marketing preocupa-se na criação de informação relevante que possa levar os consumidores a encontrar as nossas propostas. Não gritamos à espera que ouçam. O consumidor acaba por nos encontrar pela relevância do conteúdo.

A boa notícia é que uma pequena empresa pode nesta nova realidade “bater” os orçamentos que grandes empresas gastam em instrumentos de marketing mais tradicionais. A menos boa é de que sendo a internet global é cada vez mais difícil a produção de conteúdos relevantes. Mas se a internet é global torna-se cada vez mais possível encontrar os nossos consumidores nesse espaço global abrindo caminho a uma especialização. E se nos especializarmos o  nosso conteúdo pode ser único e relevante para o mercado que escolhermos.

Sabemos que esta ideia que vos deixamos é básica .. e muito pode ser dito do inbound marketing. Pelo menos poderão compreender melhor o que dizemos quando utilizamos o termo! 

É que afinal de contas a internet são conteúdos!

 

"Inbound Marketing" é um termo popularizado pelo livro do mesmo nome da autoria de  Brian Halligan e Darmesh Shah

**sabemos que não é assim, mas esta é muita das vezes a percepção do consumidor


Ativar negocio para as empresas de turismo em Portugal, utilizando os meios e as ferramentas digitais e o conhecimento dos nossos profissionais e consultores é a nossa missão. Queremos que hotéis, agencias de viagens, agencias de eventos, empresas de rent a car e outros atores do nosso mercado possam incrementar as suas vendas directas, aumentar as suas conversões e participar com rentabilidade em novos canais de distribuição.

 

A complexidade da promoção digital pode ser simplificada na sua organização recorrendo às melhores técnicas existentes e à sua constante actualização. Na LXconsult trabalhamos estas áreas diáriamente. Somos um agente que pode trazer-lhe mais tráfego, mais leads, mais vendas e com a grande vantagem de poder medir os seus resultados em permanência. Somos fanáticos em medir e estamos desejosos de o poder ajudar com a nossa experiência nestes canais e o nosso conhecimento do setor do turismo.
LX Consult
Great is Better lda
Rua Manuel Marques, 14 - H
1750-171 Lisboa - Portugal
(+351) 21 757 55 14

contacto@lxconsult.com

www.lxconsult.com
Newsletter
 
© 2013 LXconsult - Great is Better, lda 
Todos os direitos Reservados. Conheça a nossa  Politica de Privacidade
powered by